O que comer após o treino?

O que comer após o treino?

 

O que comer após o treino?

Quais os melhores alimentos para se comer após o treino?

As atividades físicas gastam muita energia. É difícil que seu corpo se recupere se a energia não for reposta em no máximo 15 minutos após o treino. Comer um lanche após o treino pode ajudar a restaurar a energia perdida.

O consumo de carboidratos, proteínas e algumas gorduras após os exercícios ajuda a estimular a produção de proteína muscular e promove recuperação com melhores resultados.

Coma um lanche o mais rápido possível após o treino. Além disso, lembre-se de repor os líquidos e eletrólitos bebendo água antes, durante e depois dos exercícios.

A importância do lanche pós treino

Durante os exercícios, os músculos usam a glicose que está armazenada, chamada glicogênio.

Esportes de resistência, como corrida, usam mais glicogênio do que atividades de resistência, como o levantamento de peso.

Comer corretamente após os exercícios ajuda a reduzir a fadiga, dessa forma seu corpo pode reparar os músculos para exercícios futuros.

Proteínas, carboidratos e gorduras saudáveis ​​são essenciais para a recuperação do corpo.

O que comer após o treino

Proteína contida no leite (proteína láctea)

Segundo uma pesquisa publicada em 2017, apenas 9 gramas (g) de proteína láctea pode ser suficiente para estimular a síntese proteica nos músculos, auxiliando na recuperação após os exercícios.

Além de leite, existem outros produtos com essas proteínas, dentre eles:

  • Iogurte grego;
  • Ricota;
  • Queijo Cottage;

Estas proteínas também contêm todos os aminoácidos essenciais, que que você só consegue através da dieta.

Ovos

Um estudo de 2017 aponta que que consumir ovos inteiros após os treinamentos de resistência causou mais síntese proteica do que consumir claras.

Ômega 3

Pesquisas da Escola de Medicina da Universidade de Washington sugerem que a suplementação com ômega 3 ajuda a estimular a síntese proteica muscular e aumenta o tamanho das células em adultos e jovens.

Peixes gordurosos, incluindo salmão, são ricos em ômega 3. O atum também contém altos níveis de ômega 3, e cerca de 200 gramas de atum contém 41,6 g de proteína e 5,4 g de gordura.

Carboidratos

O consumo de alimentos ricos em carboidratos pode ser a melhor maneira de reduzir a diminuição da imunidade que pode ocorrer após o exercício.

Batata-doce, grãos e frutas contém altos níveis de carboidratos, um outro bom exemplo é a quinoa.

Água

É essencial beber muita água antes, durante e depois de um treino. Manter-se hidratado garante que o corpo aproveite ao máximo o exercício.

Artigo originalmente publicado em Medical News Today.