Mais atividade física e mais controle de sua vida

Mais atividade física e mais controle de sua vida.

 

Mais atividade física e mais controle de sua vida

Entenda como as atividades físicas podem te ajudar a adquirir mais controle de sua vida.

Seria o aumento da atividade física o segredo para se manter jovem? Essas estratégias simples podem ajudar os idosos a se sentirem mais jovens e por sua vez, ajudar a melhorar suas habilidades cognitivas, longevidade e a qualidade de vida geral, segundo pesquisa apresentada na convenção anual da American Psychological Association.

“A pesquisa sugere que uma idade subjetivamente mais jovem, ou quando as pessoas se sentem mais jovens do que sua idade, está associada a uma variedade de resultados positivos em indivíduos mais velhos, incluindo uma boa memória, saúde e longevidade“, disse a apresentadora Jennifer Bellingtier. “Nossa pesquisa sugere que a idade subjetiva muda diariamente e os idosos se sentem significativamente mais jovens nos dias em que têm um maior senso de controle.”

Bellingtier e co-autora Shevaun Neupert, da North Carolina State University, recrutou 116 idosos (com idades entre 60 e 90 anos) e 106 adultos (com idades entre 18 e 36 anos) e fez pesquisas completas por dia durante nove dias. Os participantes foram solicitados a responder a uma série de declarações sobre o nível de controle que sentiam que tinham todos os dias (por exemplo, “Nas últimas 24 horas, eu tive um pouco de influência sobre o quanto de atividades eu poderia praticar”) e foi perguntado quantos anos eles sentiram naquele dia.

Os pesquisadores descobriram uma variabilidade significativa no dia-a-dia da idade subjetiva em ambos os grupos ao longo do estudo. Eles também encontraram uma associação significativa entre o nível de controle percebido a cada dia e a idade subjetiva no grupo de idosos, mas não no grupo mais jovem.

“Moldar o ambiente diário de forma a permitir que os idosos exerçam mais controle pode ser uma estratégia útil para manter um espírito jovem e bem-estar geral“, disse Bellingtier.

“Por exemplo, algumas intervenções podem ser formais, como uma reunião regular com um terapeuta para discutir maneiras de assumir o controle em situações nas quais os indivíduos podem influenciar diretamente os eventos e como reagir a situações que não podem controlar. Mensagens diárias com sugestões de maneiras de melhorar o controle naquele dia e melhorar o sentimento geral de controle de uma pessoa”, disse Bellingtier. Um exemplo de intervenção poderia ser algo como dar aos residentes do lar de idosos a oportunidade de fazer mais escolhas em suas vidas diárias, para que possam exercer mais controle.

Além de aumentar o controle percebido, outra estratégia para manter uma idade subjetiva mais jovem e aproveitar os benefícios que a acompanham pode ser aumentar a atividade física, de acordo com outro estudo.

“Nossos resultados sugerem que a promoção de um estilo de vida mais ativo pode resultar em uma idade subjetiva mais jovem”, disse Matthew Hughes, da Universidade da Carolina do Norte, Greensboro, que apresentou o estudo.

Hughes e seus colegas recrutaram 59 adultos na área de Boston entre 35 e 69 anos que não estavam envolvidos em atividades físicas. Todos os participantes receberam um rastreador de fitness FitBit e os pesquisadores monitoraram suas contagens diárias por cinco semanas. Indivíduos com maiores aumentos em suas contagens de passos no final do estudo relataram menores idades subjetivas.

Embora promissor, os resultados ainda não são definitivos, alertou Hughes.

“Como isso foi parte de um estudo piloto, o tamanho da nossa amostra foi pequeno”, disse ele. “Por mais que os resultados sugiram que caminhar pode contribuir para se sentir mais jovem, mais pesquisas com uma amostra maior em um ambiente mais controlado são necessárias para confirmar.”

Artigo originalmente publicado em Science Daily.